PREFEITO FAVIO TELIS GESTIONA JUNTO AO GOVERNO DO ESTADO A RECOMPOSIÇÃO DA FROTA DE VIATURAS DA BM

PREFEITO FAVIO TELIS GESTIONA JUNTO AO GOVERNO DO ESTADO A RECOMPOSIÇÃO DA FROTA DE VIATURAS DA BM E BOMBEIROS DE JAGUARÃO


Na manhã desta quinta-feira (06), o prefeito de Jaguarão Favio Telis acompanhado pelo chefe de gabinete, Cleber Pulgatti estão em Porto Alegre, buscando, junto ao Governo do Estado, a viabilidade de recomposição das frotas de viaturas da Brigada Militar e Corpo de Bombeiros, danificadas pela ação do temporal que atingiu o município na última segunda-feira (03).

Buscando celeridade na resolução dos problemas que estão enfrentando o 3º Batalhão de Policiamento de Área de Fronteira (BPAF) e do 3º Pelotão de Bombeiro Militar, o prefeito Favio Telis já havia encaminhado ofícios a respeito do assunto, para o governador do Estado, Eduardo Leite, para o vice-governador e secretário de segurança, Ranolfo Vieira Jr., para o secretário de Articulação e Apoio aos Municípios do RS, Leonardo Busatto e, também, para o secretário de Desenvolvimento Econômico do RS, Edson Brum.


Hoje pela manhã, manteve audiências com os secretários Edson Brum e Leonardo Busatto e com o vice-governador Ranolfo Vieira Jr sobre o assunto previamente encaminhado via ofício.

O vice-governador e os secretários de Estado ficaram impressionados com os estragos causados pelo temporal em Jaguarão, observando as imagens e, se comprometeram em agilizar os trâmites para que os serviços de segurança no município sejam restabelecidos o mais breve possível.


Na audiência, o vice-governador afirmou ao prefeito Favio Telis que a primeira ação emergencial será a realocação de viaturas de outras unidades para o município de Jaguarão e, também, que o Governo do Estado irá criar uma situação de emergência no sentido de desburocratizar e acelerar o conserto das viaturas danificadas. “Por sorte, tivemos somente danos materiais” diz Favio Telis, complementando que: “o material, de alguma forma e parcerias, se consegue restabelecer”.


Segundo o prefeito, a celeridade se dá por conta de que, ambos órgãos de segurança do município, estão praticamente inviabilizados de realizarem suas tarefas normais, pela falta de viaturas. “Já decretamos situação de emergência no município e, agora estamos buscando o restabelecimento de todos os serviços no município, nesse caso, a segurança pública”, destaca Favio Telis.













12 visualizações0 comentário