PREFEITOS DA AZONASUL DEFENDEM INVESTIMENTO EM RIO GRANDE



Em reunião nesta sexta-feira (26), na Prefeitura do Rio Grande, os prefeitos da Zona Sul receberam o CEO Brasil do Grupo espanhol Cobra, Jaime Llopis, para tratar do projeto da Termelétrica Rio Grande. O investimento estimado em cerca de R$ 6 bilhões prevê, além da termelétrica, a construção de uma estação de recebimento, armazenagem e regaseificação de gás natural liquefeito (GNL) no município.

No próximo dia 22 de dezembro, a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) marcou a audiência pública, em formato virtual, para discutir o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e o Relatório de Impacto Ambiental (Rima). Llopis destacou ao grupo a importância da participação de todos.


Com a audiência realizada, a expectativa é de que seja emitida depois a licença ambiental prévia para o terminal. A partir do momento em que a licença for emitida, a empresa buscará a autorização do projeto junto à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Com tudo correndo nos prazos estimados, a previsão é que a usina, com capacidade para 1,2MW de energia (um terço do consumo médio do Rio Grande do Sul) possa operar, comercialmente, em maio de 2024. “O empreendimento deve operar com até 14 milhões de metros cúbicos por dia, o que atenderia à demanda do Rio Grande do Sul até 2030”, destacou o CEO.

Na oportunidade, o prefeito do Rio Grande, Fábio Branco, ressaltou a relevância do empreendimento. “O projeto é estruturante e único para o nosso Estado. É também uma oportunidade na geração de emprego e renda na nossa região”, afirmou.


Estiveram presentes o presidente da Azonasul e prefeito de Canguçu, Vinícius Pergoraro; o prefeito de Pedro Osório, Moacir Otílio Alves; os presidentes da Câmara de Vereadores do Rio Grande, Filipe Branco, de Pelotas, Cristiano Silva e de São José do Norte, Nedinho Loureiro; além do reitor da Furg, Danilo Giroldo; do presidente dos Portos do RS, Fernando Estima; e os secretários municipais Pedro Fruet (Meio Ambiente/Rio Grande), Danubio Roig (Planejamento/São José do Norte), Eduardo Schaeffer (Qualidade Ambiental/Pelotas), Gilmar Bazanella (Desenvolvimento, Turismo e Inovação/Pelotas) e Ricardo Pigatto.

8 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo