AZONASUL ALERTA PARA AUMENTO DE CASOS DE COVID-19 NA REGIÃO



Prefeitos da Associação dos Municípios da Zona Sul (Azonasul) reuniram-se hoje pela manhã, em plataforma virtual, para discutir estratégias que conscientizem a população sobre a necessidade de ações preventivas para evitar a disseminação da COVID-19. Os chefes do Executivo estão atentos aos números crescentes registrados nas últimas três semanas.


“ A pandemia não acabou. O aumento de casos é uma grande ameaça às atividades econômicas no fim do ano. Não podemos correr riscos de vermos comércios fechados e demais setores restringindo atividades na época de Natal”, disse o presidente da Azonasul, Luis Henrique Pereira da Silva (PP), prefeito de Arroio Grande. Ele lembrou que nos últimos dias foram registrados recordes consecutivos de casos diários da doença pelo mundo e que, infelizmente, a zona sul acompanha essa tendência.


O prefeito de Rio Grande, Alexandre Lindenmeyer (PT), comentou a questão do risco de contaminações na praia, citando o exemplo do descuido das pessoas nos fins de semana que continuam promovendo aglomerações nas orlas e demais pontos turísticos.


NÚMEROS – Nas últimas três semanas, o Panorama Azonasul Covid-19 registrou a confirmação de 2.611 novos casos na região. O dado que preocupa as autoridades é de que em comparação com o principal período de pico da pandemia, registrado no início do mês setembro, os números chegaram a patamares muito semelhantes aos atuais. “A média de novos casos nestes períodos críticos da pandemia na Zona Sul foi de 2.798 contaminações”, lembrou o secretario executivo da Azonasul, Henrique Feijó, ao destacar as restrições às atividades econômicas impostas naquele mom ento, t& atilde;o danosas ao desenvolvimento, segundo ele.

1 visualização0 comentário