CÂMARAS DE VEREADORES DA REGIÃO UNEM-SE À PAUTA DA AZONASUL


O pedido encaminhado ao Ministério da Saúde, pela Associação dos Municípios da Zona Sul (Azonasul), que solicita a antecipação de vacinação aos agentes de segurança pública ganhou mais força na tarde de ontem. Presidentes das Câmaras de Vereadores dos 22 municípios da região oficializaram apoio e revelaram a criação de moções legislativas ao documento dos prefeitos.


Conforme o presidente da Azonasul, Vinicius Pegoraro (MDB), prefeito de Canguçu, a Azonasul entende que a Brigada Militar, o Corpo de Bombeiros, as guardas municipais e os policiais civis, militares e rodoviários estão expostos ao vírus e podem ser equiparados aos profissionais de saúde na ordem de imunização. “A atividade dos policiais, assim como dos guardas municipais, pode se equiparar aos profissionais da saúde, pois, muito embora não atuem no interior do hospital, não podem parar suas atividades, essenciais para a garantia de lei e ordem”, argume ntou. Pegoraro lembrou, também, que o pedido para a realização do diálogo de integração da pauta entre Azonasul e Câmaras foi feito pelo presidente da Câmara de Capão do Leão, vereador Edmar Thyzyu (PDT).

Durante manifestações, o comandante do CRPO-Sul, coronel Eduardo Peracchi, lembrou que as estatísticas apontam que os profissionais de segurança pública estão entre as categorias com mais casos registrados de Covid-19. “Por isso a necessidade de aplicação da vacina, pois pertencemos a uma atividade que funciona 24 horas por dia. Est amos na lida de rua, tendo que manter contato com pessoas de toda ordem, inclusive pessoas que não seguem os protocolos, fechando festas clandestinas e dispersando aglomerações”, defendeu o policial.


A mesma posição foi apresentada pelo delegado Márcio Steffens , titular da 18ª Delegacia Regional de Polícia Civil, ao detalhar as operações realizadas pelas forças policiais para coibir aglomerações, fiscalizar o correto cumprimento dos protocolos sanitários a até mesmo a realização de procedimentos pré-hospitalares de urgência, somados ao transporte de enfermos entre estados e municípios", devido a alta ocupação dos leitos em algumas localidades. "O contato diuturno dos profissionais de segurança pública com o público acarreta altos riscos de contaminação", disse.

Todos os presidentes de Câmaras apresentaram depoimentos favoráveis à solicitação da Azonasul.


OPERACIONALIZAÇÃO – A equipe técnica da Azonasul já enviou o documento padrão para que sejam realizadas as moções de apoio em cada uma das 22 casas legislativas da região. Outra pauta debatida durante a reunião foi a proposta de ampliação dos horários de funcionamento das operações comerciais para as 22horas, inclusive para bares e restaurantes. A argumentação é de que a diluição dos horários vai evitar filas e aglomera&ç ;ões. A proposição foi apresentada pelo vereador Filipe Branco, de Rio Grande.

8 visualizações0 comentário

Rua Andrade Neves, 2077 -  6º Andar
Centro - Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil

Cep: 96020-080


Fone/Fax: (53) 3272.3842
Email: azonasul@terra.com.br

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2023 por Azonasul - Associação dos Municípios da Zona Sul.
Orgulhosamente criado pela Triplo Transmídia